27out

Crochê com sacolas plásticas

8399177 349d72ac0c o Crochê com sacolas plásticas

A artista plástica Greice de Barba, conta que desde pequena gostava de fazer crochê e outros tipos de trabalhos manuais.

Depois que se formou em Artes Plásticas a artista que reside em Caxias do Sul descobriu uma técnica de produzir linhas com sacolas plásticas de supermercado.

Encantada com a técnica ela começou a realizar os seus projetos que a levaram ao Salão de Artes da FIEMA em Bento Gonçalves em 2008 onde expos uma escultura de 1,90 m feita com mais de 500 sacolas de supermercado utilizando a técnica do crochê.

Atualmente Greice que é professora de Artes no ensino fundamental e tutora acadêmica no curso de Artes Visuais à Distância da UCS (pro-lic). Ensina aos seus alunos a fazer o crochê com as sacolas plásticas e outros projetos que envolvem a reciclagem. Em dezembro deste ano defenderá seu TCC de Especialização em Artes Visuais: Cultura & Criação que teve inspiração a partir deste trabalho.

A Greice mandou várias fotos do seus projetos e explicou tin tin por tin tin como funciona:

Greice de Barba

O trabalho começa já na hora de conseguir as sacolas…

Na hora de recolher não importa a cor, tamanho e nem se está com alças e o fundo inteiro. Depois de conseguir um bom número é que faço uma seleção por semelhança de estampas, cores, tamanhos…

Feito isso, é hora de fazer a linha e o resultado é esse.

8399180 z281013740 o Crochê com sacolas plásticas

Com os novelos de linha prontos, utilizo uma agulha de crochê normal, com uma ponta grossa como as que são utilizadas para barbante. O resultado de um ponto básico é este:

8399181 5d8f650821 o Crochê com sacolas plásticas

Depois de feito o crochê, o plástico fica extremamente maleável, macio e resistente.

Com esta trama podemos criar bolsas ecológicas (totalmente sustentáveis), tapetes, pufes, almofadas, forro de sofá, cortina…. ai não tem limite…basta usar criatividade.

8399185 5965cbe511 Crochê com sacolas plásticasBatizada de “Viemos do BARRO. Vivemos do PLÁSTICO”, teve origem quando a partir do meu gosto por fazer crochê busquei uma linha diferente das convencionais. Ao iniciar uma bolsa ecológica com esta técnica fiquei encantada e veio uma vontade de divulgar isso, de não guardar comigo apenas.

Foi então que fiquei sabendo do Salão de Artes da Fiema Brasil que ocorreria em outubro de 2008. No salão participariam apenas artistas convidados. Mas descobri quem era a curadora e me apresentei, falei do meu trabalho e ela adorou. Disse que me daria um voto de confiança e que era para eu criar algo especialmente para o Salão.

De início eu pensei em fazer um pufe enorme para as pessoas poderem sentar. Mas no fundo essa idéia não me agradou.

E em uma noite, naqueles minutinhos antes de dormir enquanto nossa mente viaja e pensa em tudo e mais um pouco, me veio a imagem de um DNA. Eu já estava praticamente dormindo, mas deu tempo de escrever um lembrete no meu celular escrito “DNA” que apitou no dia seguinte. Foi o meu momento eureka!

Fiz então várias relações. Desde que nascemos, utilizamos plásticos e embalagens em geral todos os dias, em tudo quanto é ocasião. Ou seja, a necessidade de consumir embalagens já nasce conosco e nada melhor pra mostrar nossa essência que um DNA.

Só que era uma estrutura complexa demais para eu fazer em pequena escala.

Comecei a divulgar e-mails para amigos me ajudarem a recolher sacolas. Saiu até em colunas sociais o meu S.O.S. Sacolas! Mas mesmo assim não era o suficiente.

Em um dia quando resolvi tirar um tempinho pra mim, voltei no campus onde fiz faculdade à convite de uma ex-prof para assistir um seminário de Arte/Educação. Lá conheci o projeto que uma prof. realizou em um arroio de nossa cidade. Ela era prof. de artes e fora do horário escolar organizava as tribos da cidadania da parceiros voluntários. A iniciativa deles cresceu tanto que até a empresa que recolhe lixo na cidade colaborou. Juntaram não sei quantas toneladas de lixo que estava no arroio.

Como eu conhecia essa prof., no final da palestra fui parabenizá-la pela iniciativa e já aproveitei para comentar o que eu havia descoberto e que ao ver o trabalho dela pensei em pedir ajuda para os tais “tribeiros”.

No dia seguinte ela me apresentou via e-mail para a coordenação dos parceiros voluntários de Caxias do Sul. Eles adoraram a idéia. Mobilizaram 5 escolas e em nem um mês conseguiram quase 1000 sacolinhas pra mim. Só assim foi possível selecionar tamanhos, cores e texturas de sacolas para deixar minha escultura com uma aparência bacana.

Como agradecimento, esse ano dei algumas oficinas pra esses alunos que recolheram as sacolinhas.

8399182 97f36b2e87 o Crochê com sacolas plásticas

Contato da Greice de Barba

E-mail profissional: greicearte@hotmail.com
Celular (54)9141-9445
Orkut da Greice de Barba

Atualmente Greice que é professora de Artes no ensino fundamental e tutora acadêmica no curso de Artes Visuais à Distância da UCS (pro-lic). Ensina aos seus alunos a fazer o crochê com as sacolas plásticas e outros projetos que envolvem a reciclagem. Em dezembro deste ano defenderá seu TCC de Especialização em Artes Visuais: Cultura & Criação que teve inspiração a partir deste trabalho.
Tags: , , , , , ,

14 comentários

  1. shiranduarte

    outubro 27th, 2009 at 1:41 pm (#)

    CAARACA! Genial! E ela parece ainda tão humilde… SHOW demais! Será que minha mãe (mestre em crochê) consegue fazer isso?

    Excelente idéia!

  2. Greice

    outubro 27th, 2009 at 3:22 pm (#)

    Olá, “shiranduarte “. Claro que tua mãe consegue. A técnica não é tão misteriosa assim. O segredo está no que tu faz com ela. Eu mesma, nunca fiz curso de crochê. Aprendi com revistas e depois perguntando pra tias, vizinhas… uma dica aqui e outra acolá e hoje me viro.
    Se tua mãe é craque no crochê ela dá conta do recado.

    Abç’s
    Greice

  3. Gica

    outubro 27th, 2009 at 3:43 pm (#)

    Parabéns amiga!!!
    Beijocas

  4. maria helena wagner rossi

    outubro 27th, 2009 at 5:09 pm (#)

    Interessante proposta, que fala dos trabalhos artísticos da estética feminina do cotidiano, além de remeter às necessárias questões ambientais. Grande abraço, maria helena

  5. Mariana Casal Festugatto

    outubro 27th, 2009 at 11:27 pm (#)

    Greice,uma proposta muito bacana, que nos faz pensar principalmente nas questões do meio ambiente.Desejo à você muito sucesso com a proposta!Um abraço,mariana

  6. Víqua

    outubro 28th, 2009 at 12:16 pm (#)

    Olá, Rodrigo! Temos acompanhado seu blog com interesse. Parabéns pelo trabalho. Gostaria de saber se você conhece a Víqua. Somos uma empresa de acabamentos e oferecemos opções para Casa e Decoração em plástico ABS, material nobre que não perde o brilho e resiste a a impactos e temperaturas extremas. O produto ganha pontos também com a saúde porque este plástico mantém a superfície interna lisa, é antioxidante e evita acúmulo de resíduos, o que evite problemas de saúde. Temos alguns lançamentos bem interessantes. Conheça nossa linha de torneiras em http://www.viqua.com.br. Abraços

  7. Portobello

    outubro 28th, 2009 at 2:43 pm (#)

    Olá Rodrigo!
    Bem bom e inteligente esse post!
    Linhas plástica?! Quem diria! Eu diria que é sensacional!
    Parabéns pela criatividade e iniciativa Greice!

    Passe ver o vídeo da CERSAIE2009 que postamos hoje!
    Abraços!

  8. Sandra

    outubro 28th, 2009 at 4:19 pm (#)

    Olá! Achei genial mesmo! Tenho sacolas com sacolas e não sabia o que fazer para que fossem úteis e não piorassem a poluição. Agora peço que me informe como tansformá-las em linha para poder ‘crochetear’ bastante! Agradeço antecipadamente! Abraços!

  9. maria dalva

    outubro 30th, 2009 at 9:23 pm (#)

    parabens!!!!por essagrande ideia,muito legal sua iniciativa,que DEUS te abençoe e continue de dando essas criatividades.bjs

  10. Rosana Edaes

    março 10th, 2010 at 1:16 pm (#)

    Tenho na memória as sacolas de feira,tapetinhos e aventais para lavar a louça que minha avó fazia com os saquinhos de leite dos anos 70! Lembram??? Naquela época ninguem falava em meio ambiente e reciclagem. Acho que cada um pode cuidar um pouco do seu próprio lixo, dando um destino melhor.
    Muito bacana, ótimo para relaxar, eu também faço crochê com sacolas plásticas. Adoro esse exercício.
    Tudo de bom……Rosana

  11. kelly

    maio 13th, 2010 at 6:06 pm (#)

    Legal, Rô, só precisamos de mais umas mil pessoas como vc, para a expansão dessa interessantíssima idéia, pra quem domina a arte do crochê… consegue-se fazer de tudo… o limite é a imaginação, valeu.

  12. Elisabete L. C. Pereira

    junho 17th, 2010 at 8:00 pm (#)

    Greice, vou ficar aqui contigo.
    Amo o meio ambiente e a Sol, minha colega e amiga do curso Artes Visuais me mandou este site, que é tudo de bom.
    Parabéns!
    Abraço.

  13. rita

    agosto 26th, 2010 at 11:08 am (#)

    bom dia, achei ótima as sacolas de saquinhos plásticos, Gotaria de saber como transformar as sacolas em linha para fazer o croche.
    aguardo resposta, grata
    Rita

  14. Tamir Luiz De Barba

    setembro 7th, 2010 at 8:42 pm (#)

    Parece que temos algo em comum, na familia De Barba.
    Sou descendente do Santo De Barba, e a familia está
    progarmando um encontro em BG. Sabes algo mais >
    Grato por ora.
    Tamir De Barba

Deixe um recado

Outros Blogs