20fev

Piscina biológica

As piscinas biológicas ou ecológicas, é uma opção mais natural e bucólica para se projetar uma área aquática, ou melhor, um lago artificial. A ideia inicial é eliminar o cloro e outros produtos químicos que agridam pele, cabelo e que possam proporcionar um bem estar mais natural.
Para isto é necessário um projeto específico, onde a geometria, a topografia, o isolamento com o solo, tipos de plantas aquáticas e pedras naturais se harmonizem para essa biodiversidade, purificação, lazer e beleza.

A piscina biológica é dividida basicamente em 2 estações, um para o área de banho propriamente dito e outro é a área de purificação biológica com as pedras e as plantas. A purificação mecânica com um filtro pode ser incluída no projeto, pois este que suga folhas e outros detritos da superfície, como nas piscinas tradicionais.

Leia mais »

17fev

10 baralhos incríveis – parte 02

Já fizemos uma primeira parte com 10 baralhos incríveis e agora trazemos mais 10 baralhos inusitados com ilustrações incríveis.

Leia mais »

12fev

Edícula feita só com portas

O usuário tibbyg do site Junk Market Style mostrou um projeto muito interessante para aproveitar velhas portas. Com elas ele criou uma pequena edícula para guardar todas as ferramentas de jardinagem além de cestas e mangueiras.

2fev

Porta guardanapo barquinho

Nem um porta guardanapo fica sem um projeto interessante. Prova disso é o porta guardanapo em formato de baquinho que faz com que os guardanapos pareçam as velas de um barco. A criação é do designer italiano Erjon B. Hatillari (twitter) e custa US$14,00 na Gama-Go.

22jan

L’Escale Numérique – Quiosque com wi-fi e jardim suspenso

O designer francês Mathieu Lehanneur criou um pequeno quiosque para descanso que faz com que você se sinta embaixo de uma árvore.

Denominado L’Escale Numérique e encomendado pela empresa de outdoors JCDecaux, o quiosque tem um jardim suspenso sustentado por troncos de árvores e assentos giratórios de concreto que tem pequenas mesas.

No quiosque instalado em Paris, França a pessoa pode carregar seus dispositivos através de tomadas e acessar a  Internet através do wi-fi do quiosque.

Além disso o quiosque tem uma grande tela sensível ao toque onde as pessoas podem acessar informações sobre serviços da cidade como guias, eventos, notícias e informações para turistas e visitantes.

O projeto do Mathieu foi o vencedor do concurso para desenhar o mobiliário urbano  que ligaria os quiosques através de rede fibra-óptica subterrânea.

As fotografias são de Felipe Ribon.

Outros Blogs