12abr

Uma sala de aula com um contêiner reciclado

Fiquei admirado por essa sala de aula instalada na África do Sul e feita com um contêiner reciclado. Pensando principalmente que um projeto desse tipo, poderia ajudar em inúmeras situações de emergência, como a que vimos acontecer no Haiti.

Uma das partes interessantes do projeto é que além de uma sala de aula, o espaço exterior foi construído com uma escada que acaba se tornando um pequeno anfiteatro para apresentações culturais e espaço de interação para as crianças.

Dentro do container há mesas para estudo e espaço de leitura com puffs e uma pequena biblioteca. Além disso, na parte exterior também podem ser instalado um pequeno parquinho com escorregador e balanços.

Podemos achar que o contêiner pode aquecer muito, devido as altas temperaturas da região. Mas como há um vão entre o contêiner e a cobertura acredito que não haja problema. Já colocamos aqui no blog um projeto com bambu (Casa de Bambu na Costa Rica) com uma estrutura bem parecida e o leitor Bruno Etchepare também diz que não haveria problema.

O projeto é da TSAI Design Studio, localizada em Cape Town na África do Sul.

   

 

 

30mar

Uma casa dentro de uma tora de árvore

 

Conhecida como Redwood Log House esta casa construída por Len Moore em 1946 utiliza como base uma gigantesca tora de árvore.

Len Moore teve a inspiração para a construção da casa quando teve que passar uma noite durante uma tempestade e encontrou uma árvore com uma cavidade para se abrigar.

A casa é completa com cozinha, mesa de jantar e cama. E obviamente virou um ponto turístico onde se oferece souvenirs e funciona como um café.

Acredita-se que a árvore tinha quase 2100 anos quando foi modificada. Não há informações sobre o estado da árvore na época em que foi utilizada para a construção da casa. Mas imaginando-se que estamos falando de 1946 fica difícil saber se ela foi derrubada ou já estava morta e foi reaproveitada.

12mar

Hotel dentro de uma caverna na Itália

Encravado em rocha este hotel na Itália impressiona ao misturar construção com pedras instaladas e paredes de rochas nuas dentro de uma caverna espetacular.

O hotel Le Grotte Della Civita é diferente de qualquer outro hotel. As cavernas, usadas por séculos como habitações, igrejas e até palácios fizeram deste hotel localizado na cidade de Matera na Itália, ser considerado, a partir de 1993, patrimônio da humanidade pela UNESCO.

Qualquer pessoa que quiser passar uma noite em um dos 18 quartos neste hotel pode esperar o investimento de €100,00 por quartos simples e até €700,00 para os quartos mais luxuosos.

Veja o mapa de localização.

Fonte: White Corners

24fev

Inscrições abertas

Inscrições abertas Green Project Awards

A primeira edição do Green Project Awards Brasil está com inscrições abertas até o dia 30 de março de 2012.

Você pode inscrever seu projeto em quatro categorias: iniciativa jovem; campanha de mobilização; pesquisa e desenvolvimento; e produto ou serviço. Fique ligado que o tema da competição é Juntos pelo Brasil e visa premiar iniciativas que promovam o desenvolvimento sustentável, dar visibilidade a instituições que provam esta temática e dar apoio ao tema sustentabilidade para mudanças em nosso país.

 

Inscrições abertas para o concurso internacional Intervenção Urbana em Zagreb, Croácia

Os projetos com a temática de intervenção urbana não precisam ter sido realizados, ou ter a pretensão de realização. A concepção é justamente agregar ideias do mundo inteiro. As inscrições vão até o dia 5 de Abril de 2012, e as premiações chegam a €30,240.00 para o vencedor. Inscreva-se aqui.

23fev

Hotel em uma plataforma de petróleo em alto mar

Que tal um projeto que agrega um hotel, resort, spa e turismo de aventura em alto mar no lugar de uma antiga plataforma de petróleo no Golfo do México?

O projeto do estúdio Morris Architects ganhou o prêmio de US$10.000 da competição Radical Innovations in Hospitality promovido pela Hospitality Design.

O hotel seria totalmente abastecido de energia limpa como energia eólica, energia das marés e energia geotérmica. Os hóspedes ficariam instalados em quartos pré-fabricos em terra. Estas unidades de habitação então seriam levadas de navio.

Além das atividades náuticas como mergulho, o hotel serviria como ponto de parada na rota de cruzeiros com destino ao México e ao Caribe. E como não poderia deixar de ser, no complexo há ainda shopping, cassino, teatro, e tudo mais.
Luxo pode ser ecológico?

Fonte: Bustler

Outros Blogs