30mar

Uma casa dentro de uma tora de árvore

 

Conhecida como Redwood Log House esta casa construída por Len Moore em 1946 utiliza como base uma gigantesca tora de árvore.

Len Moore teve a inspiração para a construção da casa quando teve que passar uma noite durante uma tempestade e encontrou uma árvore com uma cavidade para se abrigar.

A casa é completa com cozinha, mesa de jantar e cama. E obviamente virou um ponto turístico onde se oferece souvenirs e funciona como um café.

Acredita-se que a árvore tinha quase 2100 anos quando foi modificada. Não há informações sobre o estado da árvore na época em que foi utilizada para a construção da casa. Mas imaginando-se que estamos falando de 1946 fica difícil saber se ela foi derrubada ou já estava morta e foi reaproveitada.

26mar

Mobiliário como um quebra-cabeça

O quebra-cabeça formado por cubos coloridos ganha diversas utilidades a partir de um sistema modular podendo servir como estante, banco, rack e até mesa impressiona pela flexibilidade.

Os cubos, produzidos com madeira reaproveitada, podem ser ligados entre si por articulações em até 18 formas diferentes. São no total 8 módulos leves com 30 cm cada que podem receber os mais diferentes rearranjos.

A criação do Puzzle Furniture é dos designers sul coreanos Bae Sangmin e Lee Hye-Lip da ID Kaist (Industrial Design – Korea Advanced Institute of Science and Technology) e que ganharam com o projeto o Red Dot Award de 2011 na categoria design conceito.

22mar

Criando um espaço para seus gatos e cachorros

Se você tem uma escrivaninha se prepare para esse projeto fantástico para criar um espaço todo charmoso para os seus gatos e cachorros.

A designer de interiores Kristi Linauer do blog Addicted 2 Decorating não conseguia fazer o seu cachorro parar de comer a comida de seus dois gatos, para piorar ele ainda deixava cair resto de comida por todo o lado.

Era hora então de criar um espaço reservado para comer. Alguns meses antes um vizinho tinha dado a Kristi uma antiga escrivaninha e assim começou o projeto de transformar a escrivaninha em um comedor e também em uma cama para os gatos.

Ela tirou as gavetas inferiores e uma prateleira interna, em seguida, recortou dois buracos grandes o suficiente para colocar os pratos de comida e de água em aço inoxidável.

Já na parte de cima a prateleira também ganhou um buraco para o prato de aço inoxidável, mas exclusiva para os gatos, além de uma cama para eles.

Foi o fim da confusão por comida em casa e ainda renovou um móvel de um jeito todo especial.

Veja no site da Kristi como fazer passo a passo o projeto.

15mar

Pavilhão vivo: trazendo o verde para a cidade

Para o projeto do Living Pavilion os arquitetos Ann Ha e Behrang Behin partem do conceito de que a natureza deve voltar a habitar o espaço urbano. Já vimos aqui pelo blog várias iniciativas nesse sentido como telhados verdes, fazendas urbanas e grandes jardins verticais. A proposta dos arquitetos é justamente essa, ao desenvolver um pavilhão verde com uso de tecnologias simples e com baixo impacto de instalação.

O Living Pavillion utiliza caixas de leite como estrutura para toda uma superfície plantável e como esta superfície fica na verdade na parte interna do pavilhão, as plantas utilizadas são mais propícias a sobra e ajudam a refrescar a partir interna.

o projeto do pavilhão verde foi o vencedor do prêmio City fo Dreams Pavilion Design de 2010 e instalado na Governors Island no verão de 2010.

O pavilhão posteriormente foi desmontado e as plantas foram replantadas em áreas públicas de privadas da cidade de Nova York.

A premiação foi organizada pela FIGMENT, the Emerging New York Architects (ENYA) e Committee of the AIA e the Structural Engineers Association of New York (SEAoNY)

Se você se interessou, fique sabendo que as inscrições já estão abertas para a edição 2012-2013 da premiação. O prazo de envio é dia 1 de Abril de 2012.

14mar

Folha gigante que coleta água da chuva

O americano Drew Withington vive a pelo menos em uma comunidade ecológica e um dos projetos que ele mesmo construiu foi essa incrível folha de madeira que coleta água de chuva.

O Elf Shelter começou como uma simples estrutura para coletar água da chuva, mas acabou se tornando uma folha gigante de madeira com 5 metros de comprimento e 3 metros de largura.

Inspirado justamente no formato de uma folha, o coletador de água é feito com madeira reaproveitada. A parte superior é feita com tampos de velhas carteiras escolares e as partes externas com partes de antigas cabines de votação.

O nome do projeto Elf Shelter (abrigo elfo) vem da ideia de ser um reduto para a volta dos elfos.

Outros Blogs