8ago

Os países que mais investem em energia solar

Volta e meia aparecem notícias discutindo o avanço do potencial da energia solar em vários países, alguns até que conseguiram ser autosuficientes de energia utilizando praticamente fontes renováveis como a energia solar a partir de técnicas como o forno solar a partir de espelhos ou a solução fotovoltaica. Mas eu acabo sempre me perguntando de como está esse ranking mundial do uso da energia solar e os países que mais avançam nessa direção.

Hoje encontrei uma tabela bem detalhada que mostra o que nós já imaginávamos, o Brasil está a anos luz de distância de países como Alemanha, Itália e China. Para se ter ideia os dados apontam que a Alemanha tem uma capacidade instalada de 32,509 MWp (megawatt-peak/megawatt-pico) em 2012 em comparação aos 32 MWp do Brasil em 2011.

Leia mais »

11jan

Lâmpada solar

Criada pela Nokero, a N200 é uma lâmpada em LED que é alimentada diretamente por um painel solar na parte superior da lâmpada.

Após passar o dia no sol, a lâmpada pode fornecer luz por 6 horas no modo de baixo consumo e 2 horas e meia se colocada no modo de iluminação máxima. Fiquei pensando na bateria utilizada, e segundo o site a bateria pode durar até um ano e meio o que é um tempo bastante impressionante.

O preço para o consumidor final é de US$20,00, mas para grandes compras o preço pode cair ainda mais. Um dos objetivos  é conseguir levar luz para regiões ainda não abastecidas por energia elétrica e ao mesmo tempo não precisa de toda a manutenção e custos altos para a instalação de grandes painéis solares.

20dez

China expande meta de energia solar e eólica para 2015

Que a China precisará de mais energia para os próximos anos ninguém duvida, mas a coisa está ficando cada vez mais séria e eles estão apostando pesado em fontes energéticas renováveis.

Essa semana saiu a notícia de que a China ampliou as metas de instalação de poder energético para energia solar e eólica.

A previsão é de que até 2015 a China tenha uma capacidade instalada de energia eólica de até 100 gigawatts, sendo que até o final de 2010 essa capacidade era de 41.8 gigawatts.

A meta que era de um crescimento de 50% em cinco anos, passa a ser de 100% para o mesmo período. E o mesmo ocorre para a energia solar que deve chegar a uma produção de 15 gigawatts até o ano 2015. E olha que eles não produziam mais do que um gigawatts até o final de 2010.

Fonte: Reuters, Wikipedia, Climate Spectator, Clean Techies.

24out

Carregador solar que gruda no vidro

No mercado já temos vários tipos de carregadores solares, mas este me surpreendeu pela possibilidade de grudá-lo em um vidro.

O Quirky Ray possui ventosas que possibilitam carregar seus aparelhos com energia solar grudando o aparelho no vidro para aproveitar melhor os raios solares. O carregador possui ainda uma bateria para armazenar a energia caso você não esteja carregando nenhum aparelho.

Parece incrivelmente útil para colocar no painel do seu carro ou até mesmo na janela de um avião. O Quirky Ray foi desenvolvido pelo designer Brandon Craven e está em pré-venda por US$39,99 na Quirky.

29nov

SOL Cinema

Um cinema de apenas 8 lugares, mas um projeto educacional para lá de sustentável. O SOL Cinema como é chamado, é um pequeno cinema que funciona com dois painéis solares de 120w.

O cinema é um pequeno trailer convertido, utilizado agora como forma de ensinar as crianças sobre sustentabilidade e uma vida mais ecológica.

O cinema é financiado pela empresa Undercurrents e funciona com quatro baterias de lítio que são abastecidas por dois painéis solares.

Outros Blogs